Dois suspenses japoneses que você precisa ver.

Oi, gente. Tudo bem com vocês?

Desculpa ter ficado esse tempão sem atualizar. É que essa semana era época de resultado do Enem + listão da faculdade e minha cabeça estava a mil, mal consegui dormir ou comer direito desenvolvi  uma gastrite nervosa do inferno, por conta do stress. Mas finalmente terminou, e embora tenha ido bem no Enem, não foi dessa vez que acabei passando no curso que queria…mas, bola para frente, tem outros vestibulares.

Mas como boa Pollyanna que sou, sei que  não há nada melhor do que assistir a um bom filme para espantar a tristeza e passar o tempo ( afinal, ainda estamos de férias). Então trago aqui dois filmes incríveis, lá da Terra-do-Sol-Nascente, que você precisa ver!! Já fiz um post semelhante a um tempo atrás dando dicas de filmes asiáticos que merecem a atenção. Porém, como recentemente assisti a um suspense sensacional que fez minha lista de favoritos ter um upgrade, resolvi fazer esse post contando sobre dois dos meus filmes japas mais do que favoritos.

Confissões:

Sinopse: No último dia de aula em uma escola, a professora se despede dos alunos e diz que não mais voltará a lecionar. Ela ainda faz uma afirmação: sua filha de apenas quatro anos de idade, que supostamente morreu afogada na piscina da própria escola, na verdade foi assassinada por dois estudantes daquela classe. Antes mesmo de alguém se pronunciar, sem meias-palavras a professora anuncia que está prestes a se vingar. O que se vê é a transformação de uma pessoa calma e passiva numa mulher de sangue-frio.

Se tem um gênero que me fascina é o do terror psicológico e esse é um dos melhores exemplos deles. Contado através da alternância de pontos de vista dos envolvidos no acontecimento central da história, Confissões, trás uma das melhores histórias de vingança com jeitinho japonês que os  asiáticos sabem fazer. A partir do momento em que  professora decide arquitetar seu plano contra os alunos, uma série de reviravoltas acontecem fazendo o filme tomar rumos completamente diferentes dependendo do ponto de vista de quem está sendo contada a história. Cada relato é surpreendente e a medida que o filme avança é praticamente impossível não ficar de queixo caído com o rumo que as coisas tomam. E o final é surpreendente e bem inesperado. Além do roteiro em si, o filme trás excelentes atuações, uma fotografia deslumbrante e que uma trilha sonora sensacional, misturando músicas ocidentais e orientais, e que casam bem com as cenas do filme. Mais do que recomendado esse filme.

The Snow White Murder Case: 

Sinopse: O repórter de TV Yuji Akahoshi (Gō Ayano) cobre o caso do assassinato da jovem Noriko Miki (Nanao); sua investigação, divulgada exaustivamente para seus seguidores através da rede social Twitter, aponta Miki Shirono (Mao Inoue) como a provável autora do crime, o que acaba colocando toda a mídia e a Internet contra a garota. A situação vai ficando cada vez mais complicada à medida que as investigações continuam e se percebe que não há como saber quem está falando a verdade e quem está mentindo. Desse modo, um detalhe pode acabar mudando todo o rumo da história.

Outro sensacional que também é contado através de pontos de vista ( já notaram que é meu estilo favorito de narrativa?) só que de maneira diferente da que acontece em Confissões. Nesse filme,  ao invés de termos capítulos para cada personagem, temos depoimentos, pois, quando o assassinato acontece um programa de tv, desses estilo investigativo, vai atrás dos envolvidos com a vítima e cada um conta a sua versão da história e baseado nisso o público ( do programa e o telespectador) também forma sua opinião. Só que muitos contam meias verdades outros inventa partes que os favoreçam e nada realmente é o que parece. Deixando que o mistério seja resolvido apenas nos momentos finais do filme. E nisso Snow white murder tem uma vantagem pois é exatamente assim que acontece na vida real. E mostra como a mídia pode ser manipuladora  e como nós ( publico geral) temos apenas acesso a uma pequena parte de 90% das informações que recebemos diariamente, nunca sabemos verdadeiramente qual a história completa, e como muitas vezes tiramos conclusões errôneas baseados nisso. Recomendo muito também. Era isso pessoal. Espero que tenham gostado e se assistirem aos filmes não esqueçam de deixar um comentário falando o que acharam. Beijos da Garota da Vitrine.

Mr Nobody – Resenha

Estou completamente perdida com esses feriados de fim de ano e juro que achei que ontem era sábado, o que fazia de hoje (tecnicamente domingo) dia de post. Mas ok, sem pânico,  temos post novinho saindo do forno ( com atraso, mas ainda sim saindo). Hoje venho falar sobre um filme incrível que assisti no feriado, não me perguntem qual dia, pois, desde que descobri que ontem era domingo e não sábado e que desde quinta (natal) eu estive, na verdade, vagando pelo espaço tempo continuo sem nenhuma referência de dia da semana (foi coisa da Matrix, tenho certeza) que o feriado acabou se tornando uma coisa  só. Mas o importante, é que assisti a esse filme maravilhoso chamado Mr Nobody  e ele é uma coisa fantástica. A primeira vez que havia ouvido falar dele foi quando estava ouvindo esta musica do Bryan John Appley e me deparei com esse video:

No incio, achei que era um clipe porque as imagens captavam tão bem a atmosfera da música que era quase impossível que não tivessem sido feitos um para o outro, mas depois, lendo a descrição do vídeo, acabei descobrindo que se tratava de um filme o qual Jared Leto havia atuado.  Como admiro muito o Leto, não só por suas músicas mas também por acha-lo um ator espetacular, mais que imediatamente me pus a procurar mais sobre o filme e só encontrei opiniões boas sobre ele. Então, quando a oporturidade e o tempo surgiram, não havia mais desculpas para não ir assistir.

Logo nos primeiros minutos, apesar de ter visto muitas aclamações, eu o achei confuso e um ponto de interrogação gigante apareceu no meio da minha testa. Não estava sentindo boas vibrações, a história estava sem pé nem cabeça  e quase fiquei indignada  por ter sido praticamente induzida a esperar tanto de um filme que na verdade era uma grande porcaria. Porém, mesmo com todos  os sinais me dizendo para parar ali mesmo e que eu não aguentaria duas horas daquela doideira, eu persisti. E  não me arrependo nenhum pouco.

A medida que o filme avança, e não demora tanto assim, você entende o caminho que ele vai seguir, ou pelo menos a ideia geral de que ele quer nos passar, e toda a sua confusão se torna simples e incrivelmente clara com apenas uma frase de uma cena:

“Enquanto você não escolhe, tudo se torna possível”

A partir  deste momento é que entendemos sobre o que se trata  Mr Nobody: Escolhas. É um filme sobre possibilidades, sobre o que foi ou poderia ter sido e sobre o que não foi mas ainda sim poderia ter sido. Vemos como cada decisão conduz o personagem a um destino diferente e também vemos como cada um desses destinos teria sido caso ele tomasse o caminho oposto. E eu, particularmente, adoro esses filmes que mexem com linhas dos tempo e mostram o outro lado de uma mesma moeda   ao mesmo tempo que nos fazem questionar os “e se” da vida.

E embora  tenha ficado um tempão nessa linha, pensando em como organizar as palavras e as ideias, acho que eu não consigo fazer uma sinopse digna ou mesmo um resumo descente, tamanha a genialidade que é o roteiro desse filme. Então deixo apenas minhas impressões sobre essa obra de arte fantasticamente confusa e emaranhada que é Mr Nobody. Um filme com efeitos lindos, uma abordagem delicada e com atuações incríveis que trata sobre um tema que é comum a todos nós: nossos destinos e como o construímos.

Espero que tenham gostado desse resenha-não-resenha. Já conheciam o filme? O que acharam? deixem suas opiniões sobre o ele, eu adoraria lê-las.

Um beijão da garota da vitrine

Animações natalinas favoritas: Parte 2

hfhfhfhfh

25 de dezembro, o melhor dia do ano, terminou e agora é esperar um ano inteiro para que o próximo Natal chegue trazendo  todo o seu encanto. Mas para prolongar essa sensação de Jingle Bells na alma, aqui vai a segunda parte da listinha (curta) com as animações natalinas favoritas.

E se na primeira  eu falei um pouco sobre desenhos mais antigos, hoje trago alguns mais contemporâneos mas igualmente bons e que merecem serem assistidos, independente de ser natal ou não.

Operação Presente:

Capturarfsfsfs

 

Sinopse: Na linhagem dos papais noeis, Arthur é o único que ainda acredita no espírito natalino. Seu irmão mais velho, Steve , herdeiro do trenó, comanda com eficiência e disciplina a entrega mundial de presentes, enquanto Papai Noel já é apenas mais um no grande esquema de distribuição. Bill Nighy faz a voz de Vovô Noel, que aos 136 anos despreza toda essa modernidade e diz que o Natal no seu tempo era muito melhor. Mas quando uma criança é esquecida, comprometendo todo o minucioso esquema natalino e pondo em dúvida e existência do Bom Velhinho, Arthur e os demais noeis, jogam-se em uma corrida para entregar o último presente antes que a  manhã de natal chegue.

Essa animação é uma das mais lindas e apesar de conter alguns clichês típicos de desenhos com temática natalina, a forma como a história foi contada transforma totalmente o filme e deixa ele com uma atmosfera toda especial. O personagens são carismáticos, a arte  gráfica é demais e tem um dos finais mais emocionantes e que sempre me faz chorar quando assisto. Outro ponto positivo é o elenco de dublagem (no original) que traz James McCoy, mais conhecido por suas interpretações em Becoming Jane e O Procurado, dublando Arthur, também Billy Nighy interpretando o Vovô  Noel, Andy Serkis e muitos outros nomes famosos. É uma animação imperdível!

Onde Assistir: Aqui 

A Origem dos Guardiões:

origem

As crianças do mundo inteiro são protegidas por um seleto grupo de guardiões: Papai Noel, Fada do Dente, Coelho da Páscoa e Sandman. São eles que garantem a inocência e as lendas infantis. Mas um espírito maligno, o Breu ( que é a cara do Morpheu do Neil Gaiman) pretende transformar todos os sonhos em pesadelo, despertando medo em todas as crianças. Para combater este adversário poderoso, a Lua designa um novo guardião para ajudar o grupo: Jack Frost, um garotinho invisível que controla o inverno. Sem conhecer sua própria vocação de guardião, ele embarca em uma aventura na qual vai descobrir tanto sobre as crianças quanto sobre seu próprio passado.

Esse filme é maravilhoso ( vocês já devem ter perdido a conta de quantas vezes já escrevi isso, mas é verdade) e choravel. O conceito dos personagens é lindíssimo e os efeitos gráficos são magníficos e o roteiro é cheio de referências que fazem de A Origem dos Guardiões um filme que é obrigatório no repertório cinematográfico de qualquer um.

Onde Assistir: Link

Como Treinar seu Dragão – O presente do Fúria da Noite:

gfgfgfgf

Como Treinar seu Dragão está encabeçando a minha lista de animações favoritas da vida. Afinal, não tem como não amar o design desse desenho, assim como a história e o trabalho incrível de dublagem – um dos poucos desenhos que prefiro a brasileira à original. Sem contar  que Soluço e Banguela estão entre as melhores e mais fofas duplas dos desenhos animados.

O Presente do Fúria da Noite é um curta, uma continuação direta da trama do primeiro filme Como Treinar o Seu Dragão e começa quando Berk se prepara para o  Snoggletog, uma celebração viking muito semelhante ao Natal, e que promete ser o mais especial  de todos, pois, é o primeiro desde que a guerra entre vikings e dragões acabou. Porém, quanto todos os dragões começam a migrar da ilha sem motivo aparente deixando todos desolados, Soluço e seus amigos, procuram novas formas de espantar a tristeza até que seus dragões retornem.

Esse curta é fofo demais, não tem como descrever em outras palavras. Uma história simples mas que cativa qualquer um e faz valer cada segundo. Assistam, recomendo muito!

Onde Assistir: Link 

Era isso pessoa!! Espero que tenham gostado.

Merry Ho ho ho da Garota da Vitrine

 

 

Animações natalinas favoritas: Parte 1

Oi, oi pessoal!

Gente, ocorreu um temporal esse fim de semana e a cidade onde eu moro sofreu bastante com isso. Houve queda de postes de luz,  casas destelharam e isso ocasionou uma série de imprevistos que nos deixaram  sem luz e água por um fim de semana inteiro e esse foi o motivo do post de domingo não ter acontecido. A luz voltou apenas ontem à noite então, a primeira coisa que fiz ao acordar foi dar um jeito de preparar um post para compensar a falta no final de semana. E aqui está ele.

Natal sempre me faz lembrar de animações, talvez porque eu passava essa época de dezembro aproveitando os especiais da cartoon e agora não consiga mais desassociar uma coisa da outra. O fato, é que sempre que vai chegando perto do fim do ano sinto uma vontade louca de re-assistir  todas as animações do mundo e por esse motivo que resolvi aproveitar para fazer uma listinha apresentando a vocês minhas animações de natal favoritas.

Rudolph – A Rena do Nariz Vermelho

rodolpho

Rudolph, é uma das histórias natalinas mais populares depois de Os Fantasmas de Scrooge. Não há uma única pessoa que já não tenha ouvido falar sobre a rena de nariz vermelho que salvou o natal ao puxar o trenó do papai noel em meio a uma nevasca iluminando o caminho com seu nariz brilhante – a menos que você more em uma caverna.

Existem várias adaptações mas a minha favorita e essa de 98. O Traço é mimoso, os persongens são fofos e passei vários natais assistindo-a  incansáveis vezes. As músicas também são ótimas! A propósito, a música mais famosa de Rudolph, veem dessa animação:

Onde assistir: Filme completo no YouTube

O Natal Mágico do Franklin – O Filme 

franklin

Quem lembra da Tartaruguinha Franklin? Esse desenho era um clássico  e sempre passava na cartoon na época dos especiais de natal e conta a história de quando Franklin e a sua família vão passar o natal na fazenda dos avós dele e uma série de eventos acontecem, levando Franklin e sua irmãzinha a se unirem para viverem uma aventura natalina. É uma animação linda, super cheia de nostalgia e com cheirinho de infância que aquece o coração.

Onde assistir: Filme completo no YouTube

A Verdadeira História do Papai Noel

santa claus

Essa animação é lá de 2000 e passava na antiga TV Globinho,geralmente nas manhãs de sábado. Quem já se perguntou qual a origem por trás da  história do Papai Noel, terá suas peguntas respondidas de uma forma linda e delicada através desse filme natalino que é quentinho no coração.

Onde Assistir: Infelizmente, não achei link direto disponível, porém, tem esse.

Um conto de Natal do Mickey + Um conto de natal:

ddfsds

Esse é um dos clássicos mais clássicos de todos os clássicos natalinos. Um conto de natal, desde a sua criação, sofreu diversas adaptações ao longo do tempo e até hoje é utilizado como inspiração para muitas e muitas histórias com temas natalinos modernas, porém suas mais conhecidas e mais queridas são essas: Um conto de Natal da Fox e o Um Conto de Natal da Disney, que tem os personagens da turma do Mickey interpretando os personagens do clássico do Charles Dickens.

A minha favorita é a versão feita pela Fox, que a linda da Verônica, do Vevesvaladares, comentou nesse video de especial de natal lá do canal dela.

A onde assistir: Um Conto de Natal

Um Conto de Natal da Disney 

Era isso, gente bonita. Espero que tenham gostado dessa primeira parte, vejo vocês na próxima.

Um beijo da Garota da Vitrine

filmes asiáticos que você precisa ver – #1

Oi oi pessoal , tudo bem com vocês ?

Pois é, eu sei, eu sei. Já faz um tempinho que não tem posts por aqui, mas é por um bom motivo, tenho lido muito ultimamente. Livros que já estavam a séculos parados na minha estante  e deixei as redes sociais e demais, um pouco de lado nessas ultimas semanas

E para me redimir com vocês, vim essa semana trazer um posto bem mais elaborado falando sobre os cinemas asiáticos.

Como vocês já devem estar cansados de saber, eu sou muito apaixonada por esse tipo de filmes, acho que os asiáticos tem muito talento e são extremamente criativos no quesito roteiro, porém, devido ao preconceito que algumas pessoas tem, suas produções acabam sendo menosprezadas. O que é realmente uma pena, pois, se tem uma coisa que eu aprendi desde que comecei a assistir doramas e ver filmes é: assistir primeiro, julgar depois.

Muitas histórias podem parecer bobinhas a primeira vista mas antes de descartá-la totalmente, dê uma chance, você pode se surpreender e gostar mais do que imagina. Além de se divertir bastante, ainda aprende muito sobre a cultura de um universo que é totalmente diferente aos nossos olhos ocidentais.

Mas vamos acabar com o blá blá blá e ir direto ao que interessa .

K-movies

200 pounds beauty 

Sinopse: Hanna é uma cantora, mas devido a sua aparência, Ammy, que é magra e bonita, dubla sua voz enquanto Hanna canta por trás do palco. Mesmo sendo ignorada por causa de sua aparência ela é meiga e sensível até o dia em que é humilhada, então toma a decisão de passar por uma cirurgia plástica de corpo inteiro para dar a volta por cima, correndo o risco de ser reconhecida.

Opinião: Possivelmente um dos filmes mais engraçados que eu já vi.As situações são hilárias e arrancam gargalhadas de qualquer pessoa .Kim Ah Joong, que interpreta a Hanna, é uma atriz sensacional e naturalmente divertida, soube dar o tom da personagem tanto em sua fase gordinha quanto na fase pós cirurgia plástica. E embora seja um filme de comédia  tem cenas que fazem brotar aquela lágrima no canto do olho. Principalmente com o final, que foi maravilhoso.

Sem contar que a música tema gruda na cabeça da gente que nem chiclete:

Onde assistir :

Nota: 4 de 5 estrelas.

A werewolf boy

Sinopse:O filme conta a emocionante história de amor entre um jovem lobisomem (Song JoonKi) que foi abandonado pelo mundo, e uma bela adolescente (Park BoYoung) que costumava se isolar mas abriu seu coração com a ajuda do garoto.

Opinião: É um dos que eu mais queria assistir e quando finalmente tive a oportunidade não me decepcionei. O filme é lindo, fofo e tem uma fotografia maravilhosa. Também possuí atuações excelentes, destaque para  Song Jun Ki, que não deixou a desejar e fez Hollywood repensar a carreira. A história é comovente e sensível, recomendo bastante para  qualquer um que goste de um bom romance com um dose de fantasia.

Onde assistirhttp://www.filmesonlinegratis.net/assistir-a-werewolf-boy-legendado-online.html

Ps: A legenda não é das melhores, para não dizer péssima, mas nada que comprometa o entendimento do filme. Só que foi um dos únicos links que achei funcionando então, dá para quebrar o galho.

J-Movie

Hua Mulan 

Sinopse: Mulan, o longa da Disney, tornou a história da menina que tomou o posto do pai no exército depois que ele adoeceu, conhecida em todo o mundo, e agora ganha sua versão com personagens verdadeiros. Quando a China é invadida, o imperador decreta que cada família ceda um homem para o exército imperial. Com isso, uma jovem fica angustiada ao ver seu velho e doente pai ser convocado, por ser o único homem da família. Ele precisa ir, mesmo sabendo que certamente morrerá, para manter a honra da família. Assim, sua filha rouba sua armadura e espada, se disfarça de homem e se apresenta no lugar do pai,se alistando disfarçada em um exército só de homens.

Opinião: Minha curiosidade em começar a assistir esse filmes foi principalmente porque Mulan é uma das minhas princesas  favoritas da Disney e nunca tinha tido a oportunidade de assistir o longa, com atores de carne e osso, sobre ela. Embora a animação tenha sido bem mais trabalhada e mais bonita visualmente; o filmes também é muito bom e vale muito a pena assistir.

Onde assistir:http://www.youtube.com/watch?v=ZyT3DRbEFwk

E ai? Já assistiram algum? Gostaram? Não deixem de comentar.

Beijos da Garota da Vitrine